Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

O RESULTADO DAS URNAS DERRUBA TESE DE QUE UM CACIQUE POLÍTICO ELEGE ATÉ UM POSTE



O cenário político desenhado em Chapadinha com o resultado das urnas derruba a tese de que um padrinho ou cacique de peso pode eleger até mesmo um “poste”. Mais do que um apoio de peso, um candidato necessita ter brilho próprio e musculatura política para sair vencedor.
O prefeito Magno Bacelar desprezou seus aliados políticos que durante seu reinado em Chapadinho lhe deu sustentação e empurrou goela a baixo uma candidata rejeitada pela sociedade, subestimando o seu adversário político Isaias Fortes, que mostrou que ainda é a grande liderança política de Chapadinha consagrado nas urnas como o grande vencedor.
As urnas mostraram também que fora Magno e Isaias, Chapadinha não tem lideranças políticas de expressão, haja vista que dos 35.645 dos votos válidos o vereador mais votado conseguiu apenas 1.832 votos e ainda foi considerado como espoca urnas.
Isaias já provou o dissabor de ficar 8 anos fora da prefeitura e do cenário político. Agora chegou a vez de Magno Bacelar arrumar a mala e cuidar mais de suas fazendas e de seu gado, pois sua política de “pão-e-circo” calcada na realização de festas, sorteios, distribuição de peixe e prêmios chegou ao seu final.
Esperamos que os 8 anos de amarguras que Isaias passou fora da política de Chapadinha lhe serva de lição e não cometa os mesmos erros do passado. Pois a cidade de Chapadinha e o seu povo não merecem tanto desprezo e massacre patrocinado pelos seus gestores.

Herbert Lago Castelo Branco
Poeta e Escritor

Um comentário:

Ducival disse...

Ao ler sobre o resultado das eleições em Chapadinha,vejo que aqui em nossa cidade não foi diferente, ocandidato da oposição substimou a astúcia da raposa felpuda, e foi engolido pela mesma teve voto teve foto em urna antes da eleição começar a votação, teve dezenas de votos de eleitores do cemitério local, urnas depois de encerrada foi reaberta, e outros crimes, imagine quem era este candidato, nadamais nada menos que um candidato ficha suja, que o TSE deixou concorrer por recomendação de caciques, se o TSE tivesse julgado o criminoso nada teria acontecido, mas político no poder vende a mãe para continuar mamando nas tetas do governo, nem que para isto tenha que delinquir, e o resultado é que está também sob judice com resultado sujeito a alteração. Se o TSE quiser contrariar os caciques faça a justiça triunfar, condene os corruptos. O povo contrariado com os resultados do pleito, botaram fogo na Prefeitura, na Câmara, e em duas secretaria, e o município está sem funcionar desde as eleições. Sou contra qualquer tipo de baderna mais o povo em transe ninguém controla. "O RESULTADO DAS URNAS DERRUBA A TESE DE QUE UM CACIQUE POLÍTICO ELEGE ATÉ UM POSTE" Concordo