Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

sábado, 21 de dezembro de 2013

EU VOTO É EM FLÁVIO DINO

A visita a Chapadinha do Secretário de Estado Infraestrutura Luis Fernando, candidato de Roseana Sarney ao governo do Maranhão, expôs o lado podre da politica de Chapadinha. A política do vale tudo! Para ganhar a eleição vale: roubar, comprar votos, uso do dinheiro público, malversação de recursos públicos, peculato, enfim, tudo que você possa imaginar, pois quando se diz: vale tudo é porque é tudo mesmo.
Lá estavam todos os subservientes da oligarquia Sarney, que está montada no povo do Maranhão há quase meio século, ostentando os indicadores miseráveis no Maranhão, os piores indicadores entre os estados mais podres do país. Os Sarneysistas Chapadinhenses mostram que não estão pensando no povo sofrido e explorados, (por eles mesmos) estão mais preocupados é com as suas regalias e com seus interesses pessoais.
Com a visita de Luis Fernando a Chapadinha, também entrou em cena a politica do terrorismo eleitoral, capitaneado por Isaías que com toda sua autenticidade, também expôs o que mais lhe preocupa ao dizer: "... muita gente diz - vou votar em Flávio Dino. Rapaz, você nem conhece Flávio Dino. Se você votar em Flávio Dino tá botando Isaías e Belezinha de volta pra roça quebrar coco. Vai embora! Se ele ganhar vou fazer o quê? (Quebrar coco com Belezinha na roça). Por sua vez, Magno Bacelar entusiasmando ao lado de Isaías, Belezinha e Talvane, disse: ... Em politica vale tudo! O que não vale é perder". É isso mesmo que você imanou caro leitor. Vale tudo!
Luis Fernando representa a miséria, o atraso a continuação da oligarquia Serney no poder e montada no povo do Maranhão. É essa corja política de Chapadinha que se aninham no mesmo balaio quando se sentem ameaçados, que constrói em Chapadinha a ponte indecente da política, que vai a sua casa pedir o seu voto para continuar com as suas regalias e benesses e mantendo o povo em estado de miséria.
Eu voto em Flávio Dino por preferir uma mudança e uma inovação no estado.

Herbert Lago Castelo Branco
Poeta e Escritor

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

O RECHEIO DA POSSE DO NOVO PRESIDENTE DO PT DE CHAPADINHA


Ontem, no SINDCHAP, foi realizada a solenidade de posse do novo presidente do Partido dos Trabalhadores de Chapadinha, totalmente desprestigiada por autoridades, vereadores, inclusive do próprio PT e representantes de outros partidos políticos. Um pouco mais de 10 pessoas marcaram presença no ato e o recheio da posse do novo presidente Pedro Cunha, foi o protocolo de desfiliação coletiva de 16 companheiros históricos do PT, dentre eles os companheiros: Chico da Cohab, (Ativista do Movimento Social, Sindical e Ambientalista) Vitória Alves de Sousa Costa, (Sindicalista e viúva do camponês Raimundo Rodrigues, que foi candidato a prefeito de Chapadinha pelo PT nos anos 80), Otacílio Veras Gomes (Líder Social), Estenio  Pinto (Movimento de igreja, Pastoral da Família), Herbert Lago Castelo Branco ( Suplente de Vereador e Ex-Secretário de Cultura), Manoel Rodrigues Barreto (Servidor Federal e Sindicalista), Luis Barbeiro (Sindicalista do STTR). Raimundo Nonato (Coordenador do MST de Chapadinha), Carmelita Lima Souza ( Agente de Saúde, fundadora da Associação dos ACS) e  Luis Ferreira da Silva (Servidor Federal e Sindicalista).
 No ato de protocolo foi requerido pelo companheiro Chico da Cohab, a leitura  do requerimento de desfiliação e que fosse constado em ata. (o  que foi feito).
Desejamos boa sorte ao companheiro Pedro Cunha e saudamos os companheiros e companheiras que permanecem no PT, que ressuscitem os ideais do partido dos trabalhadores, combatendo as oligarquias; as desigualdades sociais e defendendo a ética na política.

Continuaremos honrando os compromissos e objetivos que justificaram o nascimento do PT: a defesa dos mais pobres e a luta por um Brasil justo, humano e fraterno.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

CARTA PARA PAPAI NOEL

         
                                                                     

Papai Noel,
Meu nome é Valdir,
Sou de uma família muito pobre,
Moro no baixo Parnaíba,
Região mais pobre de Maranhão,
Minha casa é de sapé,
Coberta de palha da palmeira,
Não tem geladeira,
Fogão a gás, televisão,
Nem luz elétrica.
É iluminada com lamparina,
 Também não tem água encanada,
Bebemos água barrenta de uma cacimba.
Sabe Papai Noel,
Meu pai é analfabeto,
Tá desempregado e é Alcoólatra,
 Todo dia fica bêbado com tiquira,
Dão pra ele no bar do seu Mundico.
Minha mãe é empregada doméstica,
Comemos os restos que sobram
Da casa onde ela cozinha.
Tenho mais três irmãos,
Valquíria, Valdemir e Valdemar.
Valquíria é prostituta no Rio,
Valdemir está preso em São Paulo,
Valdemar é usuário de crak
E mora nas ruas de Brasília.
Gosto muito de estudar,
Não quero pedir muita coisa não,
Sei que tem muitas crianças iguais a mim,
Só queria que os mensaleiros
Devolvesse o dinheiro que roubaram,
Compre tudo de presente Papai Noel,
E dê para todas as crianças pobres do Brasil.
E se você puder,
Eu queria ganhar de presente de natal,
Um caderno, um lápis
E uma sandália havaiana para ir à escola.
Feliz Natal Papai Noel!

Herbert Lago Castelo Branco
Poeta e Escritor

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

POETA ZÉ DI RIBA FAZ VISITA À BIBLIOTECA ALTERNATIVA


Quem nos deu a honra de sua visita hoje, 06 de novembro, à Biblioteca Alternativa, foi o Chapadinhense, poeta e artista plástico Zé di Riba, que também é membro da Academia de Letras, Artes e Ciências de Chapadinha. 
Zé di Riba atualmente está residindo na cidade Alto Alegre do Pindaré – Ma, desenvolvendo seu trabalho cultural na Secretária de Ação Social. Ele veio a Chapadinha visitar a sua querida mãe, dona Rosa Elin, que se recupera de uma e está aproveitando também para rever amigos de infância.
Por ocasião de sua visita à Biblioteca Zé de Riba fez uma poesia dedicada ao nosso agonizante Rio Munin, Veja abaixo:

RIO MUNIN DOS MEUS ENCANTOS

Nas águas deste rio me encanta
As tuas riquezas naturais
O surubim e o piau
A crumatá e a piranha
O cará a branquinha e a piaba
A sucuri e o jacaré.

São riquezas deste rio de lágrimas
As aningas onde vivia o Martin pescador
Hoje não existem mais.

O pescador tira do rio o peixe para sobreviver
O rio pede socorro
Dê-me vida
Para que eu não morra.

O poeta também falou de seu próximo livro intitulado de MINHAS ANDANÇAS a ser publicado em dezembro na cidade de Alto Alegre. Que venha com suas andanças Zé di Riba! Como um faminto caminheiro viajante carregado de poemas de boa qualidade numa linguagem simples e encantadora.

Herbert Lago Castelo Branco
Poeta e Escritor




segunda-feira, 4 de novembro de 2013

BIBLIOTECA ALTERNATIVA INAUGURA NOVAS INSTALAÇÕES


Na última terça-feira (29) aconteceu a solenidade de inauguração das Novas instalações da Biblioteca Alternativa Herbert Lago castelo Branco.

A Banda marcial da escola Dr. Paulo Ramos fez uma belíssima apresentação de execução do hino de Chapadinha, encantando a todos os convidados.

A data para inauguração das novas instalações da Biblioteca foi escolhida, segundo o discurso do Patrono da Biblioteca Herbert Lago Castelo Branco, propositalmente por se tratar do dia em que a Real biblioteca portuguesa foi transferida para o Brasil em 1810.

Ainda segundo Herbet, a Biblioteca alternativa foi a forma encontrada para ajudar no desenvolvimento da nossa comunidade em especial dos nossos jovens, proporcionando-lhes o acesso aos livros e á cultura, ajudando a formar cidadãos com dignidade.

Durante a solenidade a biblioteca concedeu homenagem de incentivo ao pequeno Gabriel Sousa Rodrigues de apenas 09 anos, freqüentador da biblioteca alternativa, e que, só no ano de 2013 já leu 124 livros infantis e gibis, demonstrando grande interesse pela leitura.

Para Victor Hugo, que é Jornalista e ator profissional, a biblioteca alternativa é um trabalho feito com muito carinho por Herbert Castelo Branco, “é extremamente interessante, como é feito o trabalho do chapadinhense Herbert, pois sem apoio da prefeitura ou de outra instituição fomenta a leitura e ainda propõe outros projetos, e aumenta suas instalações para atender a demanda. A leitura melhora a vida das pessoas, e com apoio do povo, essa biblioteca só vem a contribuir”. 

A biblioteca Alternativa Herbert lago castelo Branco somente em 2010 contabilizou 72 leitores com carteirinha e emprestou 267 livros, em 2011 teve um aumento de 153 leitores com 436 livros emprestados, em 2012 teve um grande aumento de 514 leitores e 4.574 livros emprestados, já em 2013 foram ultrapassados 600 leitores e quase 8 mil livros emprestados, mostrando que valeu a pena acreditar nesse projeto, disse Herbert.

Leitora assídua, Maria José Lima Aguiar, parabenizou o excelente trabalho do escritor Herbert Lago Castelo Branco, que se assemelhava as idéias de sua falecida mãe, Ana Rodrigues de Lima, que também era escritora. “Esse trabalho é magnífico, se existisse há 10 ano atrás, já se teria mudado a mentalidade dos chapadinhenses, minha mãe tinha as mesmas idéias renovadoras de Herbert.”

“Ampliamos nosso ambiente físico, para deixar ha exposição dos leitores o maior número de livros possíveis do nosso acervo, temos em média mais de oito mil livros disponíveis para leitura. Lembrando que recebemos todos os tipos de livro, mas precisamos muito de livro de literatura especialmente infantis. E o nosso projeto é a implantação das bibliotecas itinerantes tanto na zona rural como na sede, e também temos a idéia de criar oficinas de corte e costura, artesanato e outros. Mas, o nosso maior projeto é a ampliação da biblioteca com um espaço para realização de múltiplas funções culturais”, enfatizou Herbert.A biblioteca Alternativa Herbert lago Castelo Branco, funciona de segunda a sexta-feira no horário das 8h às 12h e das 14h ás 17h.

Participaram da solenidade de reinauguração da biblioteca, freqüentadores, os vereadores Marcelo Meneses e Samuel Nistron e escritores. 



quinta-feira, 31 de outubro de 2013

DISCURSO DE INAUGURAÇÃO DAS NOVAS INSTALAÇÕES DA BIBLIOTECA ALTERNATIVA

  
  
BOA TARDE A TODOS E A TODAS.

QUERO DIZER AOS SENHORES E SENHORAS PRESENTES QUE ESTA SOLENIDADE NO DIA DE HOJE NÃO É POR ACASO. ESTA DATA FOI ESCOLHIDA PORQUE NO DIA 29 DE OUTUBRO DE 1810 A REAL BIBLIOTECA PORTUGUESA FOI TRANSFERIDA PARA O BRASIL E FUNDADA A BIBLIOTECA NACIONAL. E É POR ISSO QUE ESTA DATA FOI ESCOLHIDA PARA O DIA NACIONAL DO LIVRO.
E QUANDO A GENTE FALA DE BIBLIOTECA E DE LIVROS, NÃO PODEMOS ESQUECER-NOS DE LEITORES. E AI  TEMOS MUITO POR FAZER.
A PESQUISA RETRATOS DA LEITURA NO BRASIL  DIVULGADA NA 22ª BIENAL DO LIVRO TRAZ UM LEVANTAMENTO PREOCUPANTE. O BRASILEIRO LER APENAS 2 LIVROS POR ANO. OS CHILENOS E ARGENTINOS LEEM 3 OS ESPANHÕES 10 E A MEDIA DOS EUROPEUS É DE 9 LIVROS POR ANO.
SE OS PROFESSORES FOSSEM TAMBÉM LEITORES E MEDIADORES DE LEITURA E AS BIBLIOTECAS FOSSEM ATRATIVAS TANTO NA FORMA COMO NO CONTEÚDO, É POSSÍVEL AUMENTAR O NÚMERO DE LEITORES.
.A BIBLIOTECA ALTERNATIVA FOI A FORMA ENCONTRADA PARA AJUDAR NO DESENVOLVIMENTO DA NOSSA COMUNIDADE, EM ESPECIAL DOS NOSSOS JOVENS. PROPORCIONANDO-LHES O ACESSO AOS LIVROS E À CULTURA, AJUDANDO A FORMAR CIDADÃOS COM DIGNIDADE.
É UMA BIBLIOTECA MODESTA, TEMOS QUE MELHORAR AINDA MAIS OS NOSSOS ESPAÇOS FÍSICOS  NOSSO PRÓXIMO PASSO É CONSTRUÇÃO DO NOSSO SALÃO DE MÚLTIPLAS FUNÇÕES, QUE SERVIRÁ DE AUDITÓRIO E PARA REALIZAÇÃO DE OFICINAS CULTURAIS.
ALÉM DISSO, SERÃO ADOTADAS OUTRAS AÇÕES DE ESTÍMULO A LEITURA. COMO POR EXEMPLO: A INSTALAÇÃO DE BIBLIOTECAS ITINERANTES NOS BAIRROS E NA ZONA RURAL.
DIZ O PROVÉRBIO AFRICANO QUE UMA BOA BIBLIOTECA POR SEU VALOR PERMANENTE E COLETIVO. É MAIS RICA QUE OS MARFINS DAS MANADAS DE ELEFANTES.
POR ISSO O PROFESSOR PRECISA DESCOBRIR COMO FAZER USO DA BIBLIOTECA PARA AMPLIAR OS CONHECIMENTOS DOS SEUS ALUNOS. E HÁ UMA INFINIDADE DE FORMAS, MAS A PRINCIPAL É ENSINAR O ALUNO A SER UM LEITOR.  UM EXEMPLO SIMPLES É O PROFESSOR INDICAR A LEITURA DE UM LIVRO OU DE UM POEMA E PEDIR QUE TROUXESSEM NA AULA SEGUINTE UM RESUMO SOBRE O QUE LERAM.
TEMOS CONSCIÊNCIA DO NOSSO PAPEL E DE QUE ESTAMOS CONTRIBUINDO PARA CHAPADINHA, PARA O MARANHÃO E PARA O BRASIL A MELHORAR ESSES ÍNDICES AUMENTANDO O NÚMERO DE LEITORES
PROVA DISSO É O AUMENTO DA FREQUÊNCIA E DE EMPRÉSTIMOS DE LIVROS NA BIBLIOTECA ALTERNATIVA.. SÓ PARA CONHECIMENTO DOS SENHORES EM 2010 TÍNHAMOS 72 LEITORES COM CARTEIRINHA E EMPRESTAMOS 267 LIVROS EM 2011 TÍNHAMOS 153 LEITORES E EMPRESTAMOS 436 LIVROS, EM 2012 PASSAMOS PARA 514 LEITORES E EMPRESTAMOS 4.574 LIVROS E EM 2013 JÁ ULTRAPASSAMOS OS 600 LEITORES E ESTAMOS PRÓXIMO DOS 8 MIL EMPRÉSTIMOS DE LIVROS.

ISSO É UMA PROVA DE QUE É POSSÍVEL DESENVOLVER E DIFUNDIR PROJETOS CULTURAIS DE GRANDE ALCANCE E ACEITAÇÃO POPULAR, MESMO COM ESCASSEZ DE RECURSOS FINANCEIROS.
HOJE TEMOS A CERTEZA DE QUE VALEU A PENA ACREDITAR NESSE PROJETO. E NOS ENCHE DE ORGULHO EM APRESENTAR UM DESSES LEITORES, O GABRIEL SOUSA RODRIGUES DE 9 ANOS IDADE, FREQUENTADOR ASSÍDUO DA BIBLIOTECA ALTERNATIVA, QUE SÓ NO ANO DE 2013 JÁ LEU 124 LIVROS INFANTIS E GIBIS.E COMO RECONHECIMENTO E INCENTIVO PELO SEU GOSTO PELA LEITURA, A BIBLIOTECA ALTERNATIVA ESTÁ LHE HOMENAGEANDO HOJE,  OUTORGANDO-LHE O DIPLOMA DE HONRA AO MÉRITO, PARA QUE GABRIEL SERVA COMO EXEMPLO..

MEU MUITO OBRIGADO E BOA TARDE A TODOS.
 HERBERT LAGO CASTELO BRANCO


 


BIBLIOTECA ALTERNATIVA REINAUGURA INSTALAÇÕES NO DIA DO LIVRO

Biblioteca Alternativa Reinaugura Instalações no Dia do Livro

Por: Ivandro Coêlho 

Numa cidade como a nossa, em que o número de bares e farmácias é quase igual ao número de pessoas, é sempre motivo de comemoração a existência de um espaço dedicado à leitura e ao conhecimento, por mais simples que ele seja. E ainda mais quando esse espaço consegue atrair gente de todas as idades e dos mais variados grupos sociais em busca do saber. 


É o caso da biblioteca Alternativa Herbert Lago Castelo Branco, que foi reaberta ao público ontem (29), dia do Livro, numa solenidade que contou com a presença de autoridades; intelectuais, poetas, jornalistas, professores, representantes de movimentos artísticos e - claro! - muitos leitores. 

Gabriel: leu 24 livros em um ano

O ponto alto do evento foi a entrega de uma medalha de honra ao mérito ao aluno Gabriel de Sousa Rodrigues, de nove anos. Gabriel leu, só neste ano, 124 livros da biblioteca. Eis um belo exemplo que deveria ser seguido inclusive pelos alunos das nossas universidades, que quando muito - e salvo raríssimas exceções - só leem os livros recomendados pelos professores. O evento ainda teve a participação da professora Maria José, que encantou o público com um belo recital de poesia.

professora Maria José 

A biblioteca Alternativa Herbert Lago Castelo Branco fica na Rua do Comércio, próxima à secretária municipal de Agricultura. Fundada em 13 de dezembro de 2006 e inaugurada em 21 de julho de 2007, a biblioteca Alternativa tem como patrono o escritor Chapadinhense Herbert Lago. 

quinta-feira, 20 de junho de 2013

VIVA O NOVO, VIVA O POVO!


É isso mesmo, uma coisa nova acontecendo, um novo grito: “vem pra rua vem,” uma nova ordem. Sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor.
Nenhum espaço permanece vazio, sempre tem alguém para ocupá-lo. Desta vez foi o povo “desorganizado” sem bandeiras partidárias e sem um líder que ganhou as ruas das principais cidades brasileiras, (mais de oitenta) e eclodiu tal qual um vulcão adormecido a sua insatisfação. Não é contra o PT nem contra a Presidente Dilma, é contra a corrupção, contra os políticos corruptos, contra os descasos com a saúde, educação, segurança, pelo veto da PEC 37  e o aumento das tarifas de ônibus que serviram de pretexto para o estopim que se tornou o movimento de maior descontrole popular já visto na história política deste país.
Após a chegada do PT no poder, com a eleição do maior líder dos trabalhadores (Lula) para Presidência da República, o PT abandonou seu programa e afastou-se dos movimentos sociais e a CUT da luta dos trabalhadores.
É bem verdade que houve um grande avanço nas políticas públicas. Com a chegada do PT no governo tiramos milhões de brasileiros da zona da pobreza, proporcionamos milhões de empregos, apagamos milhões de lamparinas, demos acesso à universidade para milhões de excluídos e ainda pagamos a dívida do tão famigerado FMI, etc. Mas isso não foi e nem é o suficiente para que esse espaço permanecesse vazio por muito tempo. Por isso surgiu algo novo, no reino do povo.  E viva o novo, viva o povo!


Herbert Lago Castelo Branco

quarta-feira, 24 de abril de 2013

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE A AMPLIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM CHAPADINHA


Boa tarde a todos e a todas

Em nome do presidente Nonato Baleco quero cumprimentar os membros da mesa; cumprimentar as senhoras vereadoras e os senhores vereadores presentes; secretários; autoridades; colegas da imprensa; estudantes; meus senhores e minhas senhoras. In memória quero lembrar da preocupação, ainda nos anos sessenta, do nosso saudoso amigo e poeta Nonato Vale com o nosso meio ambiente, em especial com a nossa fonte da aldeia estampada em seu poema intitulado FONTE D’ALDEIA onde ele dizia:

Aldeia! Fonte querida.
Foste o berço da cidade.
Do povo hoje esquecida,
Só recebeste maldade.

Paraíso pequenino
Num oásis escondido.
Com tudo assim, destruído?

Oh! Minha fonte D’aldeia.
Como eu te vi no passado...
Nem parece... Hoje tão feia,
A beira do descampado.

Em nome desse progresso
Destruíram teu senário;
Tudo está pelo avesso,
Um verdadeiro desvario.

Tuas águas cristalinas
- Velha fonte de segredos –
Onde banhavam meninas,
Mulheres teciam enredos.

Velhas árvores frondosas
Que sombreavam o riacho...
Aquelas aves chorosas
Não sestam mais lá por baixo.

Tudo ali hoje é disperso,
Já nem canta a juriti...
Se eu pudesse, neste verso,
Eu choraria por ti!

Também quero me consorciar ao pronunciamento do vereador irmão Carlos feito na última sessão desta casa quando denunciou um loteamento denominado de NOVA CHAPADINHA no meio de uma nascente. 
A urbanização sem planejamento e se fiscalização dos órgãos responsáveis pela preservação do meio ambiente está trazendo profundas modificações no clima de nossa cidade.
A preservação das nossas nascentes constitui grande preocupação e importância substantiva para a qualidade de vida dos Chapadinhenses. A disponibilidade de água em Chapadinha é bem inferior ao recomendado pela ONU e UNESCO que é de 1.750 metros cúbicos de água bruta por habitante/ano.
O problema de abastecimento de água em Chapadinha meus senhores, não é ocasionado somente pela escassez da chuva. Mas também pelo desmatamento e a expansão urbana sem planejamento. Todos nós sabemos que a barragem de Itamacaoca foi projetada para abastecer Chapadinha por 10 anos. Chapadinha cresceu e não houve preocupação em construir uma nova barragem ou aumentar a capacidade da Itamacaoca. A câmara de vereadores senhor presidente, precisa aprovar lei que assegure à preservação dos recursos hídricos, a paisagem, a fauna, a flora, as matas ciliares e exigir a fiscalização dos órgãos competentes, além da colaboração da sociedade. Os recursos hídricos exigem cuidados para manter o abastecimento de água em nossa cidade. É preciso conciliar interesses ecológicos, habitacionais e industriais. A vida das próximas gerações depende de decisões tomadas hoje.

Muito obrigado
Herbert Castelo Branco

segunda-feira, 15 de abril de 2013

SER OPOSIÇÃO POR SER OPOSIÇÃO E QUAL O PAPEL DAS NOVAS LIDERANÇAS?



O que se espera de quem não gosta do governo e o vê fazendo algo de que discorda?
Que se manifeste, que diga com clareza que é contra. Afinal, não é esse o papel da oposição?
Isso vale para a oposição partidária e para os veículos de comunicação que antipatizam com a administração de Belezinha. A existência de ambos é natural nas sociedades democráticas e não há nada de errado em que tenham opiniões e as externem.
Mas é possível que as oposições concordem, circunstancialmente, com uma ação do governo. Que estejam, naquela oportunidade, de acordo com ele. Que entendam que, por pior que seja, esteja fazendo, a seus olhos, a coisa certa.
Nesses casos, o mais comum é que não digam nada. Tudo normal, pois lhes seria estranho aplaudi-lo, mesmo quando o que faz é algo que, provavelmente, fariam se estivessem no poder.
Existem, no entanto, situações mais complexas no plano da ética política. Pode acontecer de o governo tentar fazer a coisa certa, a oposição – ou parte dela – estar de acordo com a iniciativa, mas ser difícil viabilizá-la. A concretização das boas intenções de um, admitidas pelo outro, pode ser complicada.
Dizem por exemplo que na administração de Belezinha existe um racha, uma “crise política”, em grande medida causada pela disputa de poder e pela indisposição de aceitar as pressões dos grupos que formam a base do governo – em particular do ex-prefeito e líder político Isaias Fortes por mais espaço na administração.
Até as pedras da rua sabem o que isso significa. Que esses partidos ou grupos querem aumentar a influência sobre o destino do município indicando os titulares de órgãos ou secretárias, para que sejam geridos de forma política.
Se isso for verdade, a crise decorre de Belezinha estar fazendo a coisa certa, recusando-se a concedê-los. Todos, inclusive as oposições, sabem que é um jogo danoso e que seria pior para Chapadinha se essas pressões tivessem êxito.
E qual o papel das novas lideranças, que nem razões têm para manter velhas rixas? Não seria hora de sinalizar que é possível uma nova oposição, genuinamente preocupada com o interesse público e desejada pela maioria dos Chapadinhenses?
E qual o papel da imprensa oposicionista? Fingir que não conhece o jogo que está sendo jogado? Ou deveria ser capaz de denunciar o que precisa ser denunciado e reconhecer ou elogiar o que está sendo feito ou apoiar quem faz a coisa certa?

Herbert Lago Castelo Branco
Poeta e Escritor

segunda-feira, 8 de abril de 2013

QUEM ATUA NA ÁREA DA CULTURA DE CHAPADINHA?


Para responder esta pergunta, a Secretaria Municipal de Cultura está realizando o primeiro Cadastro Geral de Artistas, Agentes, Produtores, Entidades e todas as manifestações culturais de Chapadinha e do interior. Além de ser uma fonte de informação para mapeamento da cadeia produtiva na cultura local, é um processo de construção de uma política cultural para o município, a partir da compreensão do que é arte e do que é cultura, e, principalmente, daquilo que é da responsabilidade do poder público e daquilo que é da responsabilidade da sociedade civil, a fim de traçarmos de forma coletiva os primeiros passos para a construção do nosso Sistema Municipal de Cultura. 

Para tanto, convocamos os artistas, as entidades culturais, os agentes e produtores culturais a fazerem o cadastramento mediante o preenchimento do formulário na Secretaria Municipal de Cultura de Chapadinha, na Prefeitura Municipal (localizada na Avenida Presidente Vargas nº 310). Para facilitar o processo de cadastramento, também fizemos o formulário eletrônico para que vocês possam preencher, imprimir, assinar e entregar na Secretaria de Cultura. Obrigado!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

SECRETÁRIO DE CULTURA DE CHAPADINHA DIVULGA PROGRAMAÇÃO DOS BLOCOS E BANDAS LOCAIS PARA O CARNAVAL



O Secretário de Cultura de Chapadinha, Herbert Lago Castelo Branco, divulgou na manhã de hoje, 31 de janeiro, a primeira programação para a temporada do carnaval 2013, com as Bandas locais e as concentrações dos Blocos Carnavalescos.

Programação para o Carnaval na  Praça do Povo Com Bandas Locais
Vesperal das 17:00 as 21:00 horas


Sábado:
·        Virtual das 17:00 às 19 horas
·        Carlinho Maranhão das 19:00 às 21:00 horas

Domingo:
·        Skma 2 - das 17:00 às 19:00 horas
·        Swing.com - das 19:00 às 21:00 horas

Segunda:
·        Markário e Banda - das 17:00 às 19:00 horas
·        Dengo da Safada - das 19:00 às 21:00 horas

Terça-feira:
·        Virtual - das 17:00 ás 19:00 horas
·        Swing.com - das 19:00 às 21:00 horas


Programação dos Blocos de Rua e Bares

Domingo:
·        Bloco Pinotte (A partir das 22:00 horas)
·        Concentração em frente a  antiga Cemar (Terras Duras)

·        Bloco Karamelo (A partir das 21:00 horas)
·        Concentração em frente a escola Almada Lima (Terras Duras)

·        Bloco Caindo na Folia (Paredão a partir das 17:00 horas)
·        Concentração Avenida Presidente Vargas -  próximo Mercadinho Jainara (Bairro da Corrente)

·        Bloco dos Quiabos ( Paredão das 15:00 às 19:00 horas )
·        Concentração (Rua 24 de Agosto com Cunha Machado (bairro da Cruz)

·        Bonde du Stronda (Com Mini Trio Eletrico)
·        Concentração Praça do Viva em frente espaço mix a partir das 18:00 horas

·        Feijão Folia: Cleitão dos teclados
·        Concentração Choperia LB  a partir das 15:00 horas (Bairro do Areal)

·        Associação Boa Vontade: Forrozão.15 das 15:00 às 20:00 horas



Segunda-feira:
·        Bloco Pinotte (A partir das 22:00 horas)
·        Concentração em frente Antiga Cemar (Terras Duras)

·        Bloco Caindo na Folia (Paredão a partir das 17:00 horas)
·        Concentração Avenida Presidente Vargas – próximo ao Mercadinho Jainara (Bairro da Corrente)

·        Blocos dos Sujos Choop da chapada das 15:00 às 19:00 horas
·        Concentração (Travessa 15 de novembro com Gustavo Barbosa)

·         Bonde du Stronda (Com Mini Trio Eletrico)
·        Concentração Praça do Viva em frente ao espaço mix a partir das 18:00 horas


·        Bar Fim de Tarde Chopp ( Xico Tripa): Os Pastoras das 18:00 às 21:00  horas (Bairro da Corrente)

·        Bloco Bicho Grilo (Com Banda Bicho Grilo)
·        Concentração Buteco Music a partir das 17:00 horas

 Terça-Feira:
·        Bloco Pinotte (A partir das 22:00 horas)
·        Concentração em frente Antiga Cemar

·        Bonde du Stronda (Com Mini Trio Eletrico)
·        Concentração Praça do Viva em frente Espaço Mix a partir das 18:00 horas

·        Bloco Karamelo (A partir das 18:00)
·        Concentração em frente Escola Almada Lima (Terras Duras )

-Bloco me Xama que eu vou (A partir das 17:00 horas)
Concentração Praça do Bairro do Caterpilar

-Bloco do X (A partir das 16:00 horas)
Concentração Bar do Bazar ( Terras Duras)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

PREFEITA BELEZINHA É RECEBIDA PELO VICE-GOVERNADOR NO PALÁCIO HENRIQUE DE LA ROQUE

  
A Prefeita Belezinha, o Vereador Manin (PT), os Secretários Francisco Paiva (Desenvolvimento Social), Herbert Castelo Branco (Cultura), Zezinho Lima (Trabalho), Aloísio Santos (Obras), Maria Coêlho (Adjunta da Educação),  reuniram-se em São Luis com o Vice-Governador Washington Oliveira, o Secretário de Estado do Trabalho José Antonio Heluy e o Superintendente do INCRA José Inácio para tratarem de assuntos referentes a Chapadinha e buscar apoio junto ao Governo do Estado, no sentido  de estabelecer parcerias para realização de ações necessárias  ao desenvolvimento do município.
Ressalta-se que o Vice-Governador manifestou apoio a Prefeita Belezinha, agendando reuniões da Prefeita com outras Secretarias de Estado, colocando-se a disposição para acompanhá-la junto aos Ministérios em Brasília por ocasião do Encontro dos Prefeitos a ser realizado nos dias 27, 28 e 29 de janeiro do ano em curso, confirmando também presença em Chapadinha no mês de fevereiro.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

PAREDÃO ARRASTARÁ OS FOLIÕES DO BLOCO DOS QUIABOS


BLOCO DOS QUIABOS TAMBÉM ENTRARÁ NO CORREDOR DA FOLIA NA PRAÇA DO POVO

Agora sim, é oficial. Originário do Bairro da Cruz, o Bloco dos Quiabos vem a cada ano se firmando no circuito carnavalesco de Rua de Chapadinha.
O Bloco dos Quiabos não tem fins lucrativos, nasceu em 2008 Identificado com a oportunidade de proporcionar e oportunizar o entretenimento a pessoas desprovidas de recursos, por isso o Bloco dos Quiabos é cognominado como bloco dos lisos.
Como sempre, a concentração do bloco é no Bairro da Cruz, na Rua Cunha Machado no bar do Hidelfonso, no domingo de carnaval a partir das 14 horas.  E as novidades deste ano são:  CD do Bloco dos Quiabos, o paredão do nosso amigo Wagner Junior que gentilmente nos cedeu para arrastar os foliões pelas ruas da cidade até o corredor da folia na praça do povo e a confecção de 500 abadás.
Os abadás serão distribuídos somente na concentração do bloco, no domingo de carnaval, em troca de 1 kg de alimento não perecível que será distribuído em forma de cesta básica para a comunidade carente do Bairro da Cruz. 

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

PRONUNCIAMENTO DO SECRETÁRIO DE CULTURA DE CHAPADINHA NA ABERTURA DO SEMINÁRIO REGIONAL DE CULTURA



Em nome da prefeita Belezinha quero cumprimentar a mesa, os Secretários de Culturas do Baixo Parnaíba aqui presente e que se sintam em Chapadinha como se estivessem em sua própria cidade.
Logo no primeiro dia de trabalho como Secretário de Cultura fui informado que estava previsto para este dia 9 a realização de um Seminário Técnico Regional sobre o Sistema Nacional de Cultura, com os Secretários de Cultura do Baixo Parnaíba.
Como empreendedor e idealista que sou imediatamente conversei com a prefeita para que Chapadinha sediasse esse Seminário. A prefeita Belezinha tinha dezenas de motivos para não aceitar a realização do mesmo, mas como prova de seu compromisso em resgatar e valorizar a cultura de Chapadinha me deu total apoio e pediu para que organizasse esse importante evento que ora se inicia.
Mesmo de longe acompanhei o empenho da ex-ministra da Cultura Ana de Holanda e a atual Ministra da Cultura Senadora Marta Suplicy para a aprovação da PEC do Sistema Nacional de Cultura, que a meu ver foi sem dúvida a mais importante vitória para a Cultura Brasileira nos últimos anos. 
A institucionalização do Sistema Nacional de Cultura na Constituição Brasileira representa a estabilidade das politicas culturais como políticas de estado. Porque aproxima as administrações Federais, Estaduais, Municipais e a sociedade civil.
Um bom Seminário a todos e um bom dia. 
Herbert Lago Castelo Branco