Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

quarta-feira, 17 de junho de 2009

O DESCALABRO DOS INCRÍVEIS ATOS SECRETOS DO SENADO


Certa vez Carlos Drummond de Andrade disse: “Acho o Brasil infecto. Não tem atmosfera mental; não tem literatura; não tem arte; tem apenas uns políticos muito vagabundos”.
A crise no Senado Federal parece mesmo grave. Parece, porque para mim é puro cinismo de um bando de vagabundos. Entra escândalo, sai escândalo, e a caixa-preta da casa continua trancada a sete chaves.
O desgaste político de José Sarney e do Congresso Nacional alcançaram novo patamar com o descalabro dos incríveis atos secretos.
O fato é que Sarney tem elementos favoráveis. Os generais adversários políticos estão todos atingidos de algum modo. Tem o que abasteceu jatinho com verba de passagens aéreas, o que mandou a namorada ao exterior à custa do erário, ou o que emprestou o telefone celular funcional para a filha viajar ao exterior e etc. E não foi só por isso que Sarney em seu discurso ontem declarou guerra contra os servidores do Congresso e dizendo mais de uma vez, que a crise não era sua e sim do Senado Federal.
É difícil acreditar que nenhum senador conhecia o que se passava no lugar em que trabalha. Mais difícil ainda será provar que algum deles sabia dos atos secretos.
Herbert Lago Castelo Branco
Poeta e Escritor

3 comentários:

Academia da Mente disse...

A posse do Senador Sarney no Senado foi um grande tiro no próprio pé, foi uma espécie de suicídio político, um presente de grego que o presidente Lula ofereceu a Sarney e ao PMDB.

Na verdade, o Senado era a última trincheira que faltava ser superada pelo governo Lula para conseguir implementar a transformação do país.

Academia da Mente disse...

A posse do Senador Sarney no Senado foi um grande tiro no próprio pé, foi uma espécie de suicídio político, um presente de grego que o presidente Lula ofereceu a Sarney e ao PMDB.

Na verdade, o Senado era a última trincheira que faltava ser superada pelo governo Lula para conseguir implementar a transformação do país.

Mailde disse...

Herbert,
Visitei seu blog. Gostei demais!
Li os comentários na página de "Mata Roma". Concordo com Weslley. Somos ricos em autores literários. Mas as escolas divulgam apenas Drummond e Machado de Assis (que são grandiosos, sem dúvida).
Temos grandes poetas engavetados em bibliotecas regionais que precisam ser divulgados na cultura e na história brasileira.

Parabéns pelo seu site que é rico em informações culturais.

Mailde Chagas