Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

ECOS DO PRECONCEITO E DA ESTUPIDEZ

As declarações preconceituosas dada por uma estudante de Direito de São Paulo e postada em seu Twiter e microblog, causou polêmica nas redes sociais. A aluna atribuiu aos nordestinos a derrota do candidato José Serra (PSDB) nas eleições presidenciais. O embate regionalista tomou conta das discussões com reações imediatas contra a infeliz frase e também de comentários de moradores das regiões Sul e Sudeste.
“Nordestino (sic) não é gente. Faça um favor a São Paulo: mate um nordestino afogado!”, “Afunda Brasil. Deem direito de voto pros nordestinos e afundem o pais de quem trabalha para sustentar vagabundos que fazem filhos para ganhar o bolsa 171” postou a estudante.
As redes sociais são consideradas meios de comunicação. Qualquer informação ofensiva à honra ou preconceituosa é suscetível de apuração como qualquer outro veículo de comunicação. E de acordo com a legislação brasileira, crimes contra a procedência nacional preveem pena de até três anos.
Há um preconceito muito forte contra o Nordestino em estados das regiões Sul e Sudeste e constantemente nós Nordestinos somos obrigados a ouvir esses ecos do preconceito e da estupidez.
Essas pessoas deveriam procurar outras razões para a derrota do José Serra.
A polemica foi criada a partir de uma falsa ideia de que os votos da Região Nordeste teriam sido os responsáveis pela eleição de Dilma. Com base nos resultados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostra que a candidata do PT venceria as eleições mesmo que fossem considerados apenas os votos das regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste. No cenário em que os votos do Norte e Nordeste não são contabilizados, Dilma ficaria com 300 mil à frente do tucano José Serra.
Faço minha as palavras do escritor Ariano Suassuna. “Não troco meu oxente pelo OK de ninguém”.

Nenhum comentário: