Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

terça-feira, 9 de agosto de 2011

MINHA TERRA TEM PALMEIRAS, SABIÁS E MUITA POBREZA


No exílio, Gonçalves Dias, com saudade manifestou apreço à sua terra querida: “Minha terra tem palmeiras, Onde canta o sabiá(...)”. Se ele vivesse hoje, certamente diria com tristeza diante de um Maranhão atrasado: minha terra tem palmeiras, mas não cantam mais os sabiás.
  • Que tristeza ver a considerada Atenas Brasileira, conspurcada de políticos oportunistas, mal-intencionados, de interesses solertes, só querendo lavar vantagem em tudo, tendo como comandante-mor o “moribundo” de fogo, José Sarney, montado no trono com a sua família e seus apaniguados, administrando fortunas forjada à custa de vida política duvidosa, enquanto temos um Maranhão quebrado, delapidado, saqueado, corrupto, em pleno século XXI amarga a desventura de continuar sendo considerado apenas um índice negativo e ilustrativo das estatísticas sociais do subdesenvolvimento e da pobreza

Nenhum comentário: