Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

quinta-feira, 17 de junho de 2010

ACIDENTE DE TRÂNSITO EM CHAPADINHA É AGRAVADO PELA IMPRUDÊNCIA



Os ciclistas de Chapadinha enfrentam dificuldades e perigos constantes para não abandonar o saudável hábito das pedaladas e pela suposta necessidade de se locomover. Por onde anda o CIRETRAN desta cidade? Parece que Chapadinha virou terra sem lei, os carros param onde querem: em cima das calçadas, em locais proibidos; motociclistas andam sem jaqueta e sem capacete.
A falta de educação e respeito dos motoristas que, protegidos por uma tonelada de lata, se esquecem do mundo em volta. Mas o problema não é só a falta de educação e respeito dos motoristas e motociclistas, mas também dos próprios ciclistas que desconhecem ou ignoram as leis de trânsito, que nunca chegam a eles como deveria.
Cabe ao poder público as ações baseadas no plano diretor cicloviário de Chapadinha, sinalizar bem as ruas e adaptar ciclofaixas, mantendo distância de mais ou menos um metro dos meios fios, calçadas ou canaletas, além, é claro, de realizar campanhas educativas de conscientização.
Os acidentes de trânsito não acontecem somente nas vias públicas de Chapadinha. Na zona rural também temos visto com frequência acidentes, geralmente com vitimas fatais. O caso mais recente ocorreu no dia 11 de junho com o jovem Maroni Farias, de 32 anos. Ele dirigia uma moto, quando colidiu de frente com um carro próximo a localidade Alagadiço Grande, vindo a falecer.
Mas enquanto o problema não é resolvido, um pouco de ordem, por parte do CIRETRAN, não faz mal a ninguém.

Herbert Lago Castelo Branco
Poeta e Escritor

Nenhum comentário: