Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

quinta-feira, 31 de março de 2016

BASTA BRASIL!

Este poema eu fiz em 1980. Me parece totalmente atualizado. A única diferença é que eu não sou mais tão jovem. Ele foi composto na luta pelas diretas já! O Brasil tem que se passar a limpo. Esse congresso não me representa mais. Novas eleições já!
Leia abaixo o poema.
BASTA, BRASIL!


Brasil emoção, paixão alegria.
Teu futuro é construído por nós dia-a-dia.
Brasil sofrido, amado, subnutrido.
Roupado, ameaçado, esquecido.
Brasil!... Joga fora teu entulho!
Tira esse monte de falsidade!
Mostra teu corpo, tua face, teu poder.
Mostra a tua nua e crua realidade,
Realidade esta que nos faz sofrer.
Despe esse monto de corrupção,
Chama todos de ladrão!
Tira!... Exporta tudo isso daqui!
Nós jovens, queremos um Brasil mais justo.
Queremos por uma roupa nova, te vestir.
E mostrar uma democracia verdadeira.
Queremos exaltar-te, construir-te,
Queremos que tu sejas o melhor de todos.
Um país sério, pacífico.
Que una todos os seus extremos,
Em um só Brasil.
Sem paternalismo,
Sem regionalismo.
Que todos falem a tua língua,
Cantem o teu hino com orgulho de ser Brasileiro.
E caminhemos juntos! Unidos e sem discórdia,
Para um futuro promissor.
Chega de tanta burocracia!
Mais escolas!
Menos delegacia!
Mais educação,
Menos recessão.
Basta, Brasil! Assim eu não aguento!

“In Versos Avoantes”

Herbert Lago Castelo Branco


Nenhum comentário: