Contato

herbertlagocastelobranco@gmail.com
Facebook Herbert Lago

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

A ARTE DE ESQUECER

Um homem rico dirigiu-se a um filósofo da Grécia antiga e lhe fez este pedido: “Ensina-me a arte de lembrar, e te darei uma moeda de ouro”.
O filósofo pensou, pensou, e respondeu-lhe: “Ensina-me a arte de esquecer, e te darei duas moedas e ouro”.
Há pessoas que têm, na memória, um volumoso arquivo de coisas ruins. Por acaso adianta “lamentar o leite derramado”?
O tempo é precioso e breve para ser desperdiçado com a recordação de coisas negativas que não mudam mais a história.
Adianta um jovem viver amargurado, hoje, por não ter sido amado quando criança? Será que isso o fará voltar à infância para vir a ser a criança que não foi?
Não perca tempo com aquele passado que é só passado e não muda mais a história. Viva o dia de hoje com esperança.
Não fique triste por não ter sido amado; alegre-se, hoje, por poder amar e ser amado. Olhe ao seu redor e veja quanta coisa
Boa você ainda pode fazer para ser feliz.
Pense nesta frase de Jesus: “Há mais felicidade em dar do que em receber” (At 20,35).
São Francisco de Assis rezava assim: “Senhor, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado; mais compreender que ser compreendido; mais amar que ser amado”.

Fonte: Livro Lendas e fatos à luz da fé.
Pe. Luiz Cechinato

Nenhum comentário: